Archive for Notícias/News

Escola da Amaz√īnia no Programa E-Cons

SPVS Sala de Imprensa
Notícias
07.05.2012

Iniciativa da SPVS junto com HSBC apoia pessoas que já desenvolvem projetos exemplares voltados à conservação da natureza em todos os biomas do Brasil

E_CONS.jpg

A Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educa√ß√£o Ambiental (SPVS) e o banco HSBC decidiram expandir sua parceria que j√° ocorre desde 2007 e est√£o lan√ßando um projeto pioneiro em conserva√ß√£o da biodiversidade. Denominado Programa E-CONS (Empreendedores da Conserva√ß√£o), a iniciativa tem a finalidade de apoiar lideran√ßas que j√° realizam a√ß√Ķes inovadoras de conserva√ß√£o da natureza em todos os biomas do Brasil. Aproximadamente R$ 1 milh√£o ser√° investido em seis projetos, ao longo dos pr√≥ximos tr√™s anos. ‚Äú√Č um projeto inovador que aposta na potencializa√ß√£o das atividades de indiv√≠duos que estamos chamando de empreendedores conservacionistas, respons√°veis por a√ß√Ķes diferenciadas e estrat√©gicas de conserva√ß√£o da biodiversidade e que tenham grande potencial de gerar desdobramentos‚ÄĚ, completa Cl√≥vis Borges, diretor-executivo da SPVS.

A experi√™ncia pr√©via entre SPVS e HSBC resultou na conserva√ß√£o de 3,2 mil hectares de √°reas com Floresta com Arauc√°ria no sul do Brasil e permitiu a busca de um novo desafio: atuar e repetir resultados consistentes em outros biomas, ampliando a iniciativa para todo territ√≥rio nacional. Do trabalho anterior, o Programa E-CONS herdou a metodologia de envolvimento de pessoas como chave para a gera√ß√£o de resultados concretos em favor da conserva√ß√£o da natureza. ‚ÄúH√° pessoas no Brasil verdadeiramente interessadas em fazer conserva√ß√£o da natureza. Fazem disso um trabalho em defesa de uma causa de interesse coletivo e tamb√©m como sua principal atividade profissional‚ÄĚ, informa Borges. ‚ÄúS√£o pessoas que exercem um trabalho de grande import√Ęncia para o pa√≠s e que precisam ser identificadas e apoiadas‚ÄĚ, sentencia ele.

Na primeira fase do programa, ser√£o apoiados projetos desenvolvidos pelo bi√≥logo Jean Pierre Santos para prote√ß√£o do logo-guar√° no Cerrado, um trabalho de educa√ß√£o ambiental na Amaz√īnia pelo tamb√©m bi√≥logo Silvio Marchini, pela zootecnista Gl√°ucia Seixas para prote√ß√£o de ambientes naturais onde ocorre uma esp√©cie de papagaio no Pantanal e pela propriet√°ria de uma √°rea natural em Curitiba, Terezinha Vareschi, que incentiva outros donos de √°reas naturais em ambientes urbanos a seguirem seu exemplo para cria√ß√£o de reservas particulares em meio √†s cidades. Outros dois bi√≥logos tamb√©m ser√£o apoiados. S√£o eles Bianca Reinert e Weber Gir√£o, que descobriram novas esp√©cies de aves ‚Äď respectivamente o bicudinho-do-brejo em √°rea de Mata Atl√Ęntica e o soldadinho-do-araripe no bioma Caatinga ‚Äď e fazem do trabalho de prote√ß√£o dessas esp√©cies um meio para conserva√ß√£o de seus ambientes.

O Programa E-CONS tamb√©m est√° relacionado √†s metas de manuten√ß√£o do patrim√īnio natural previstas por programas governamentais brasileiros e pela Conven√ß√£o das Na√ß√Ķes Unidas sobre Diversidade Biol√≥gica, sustentando uma melhor percep√ß√£o sobre a rela√ß√£o entre a conserva√ß√£o da natureza, a qualidade de vida e a economia. ‚ÄúO HSBC apoia esta iniciativa, pois acredita que √© preciso ir al√©m das atividades de neg√≥cios tradicionais e por isso, busca implementar uma agenda pro-ativa e parcerias que promovam a sustentabilidade, afirma Cl√°udia Malschitzky, superintendente-executiva de Sustentabilidade do HSBC . ‚ÄúAl√©m disso, acreditamos que esta iniciativa pode incentivar a participa√ß√£o de outras empresas que tamb√©m est√£o preocupadas com a conserva√ß√£o da biodiversidade e que querem promover o desenvolvimento sustent√°vel de baixo impacto ao meio ambiente‚ÄĚ, completa a executiva.

‚ÄúEsse modelo mostrou um dos caminhos poss√≠veis para promover a prote√ß√£o de esp√©cies e ambientes amea√ßados, bem como de toda sua import√Ęncia social e econ√īmica‚ÄĚ, diz Borges, ao lembrar que a conserva√ß√£o de ambientes naturais gera benef√≠cios essenciais para as pessoas e para as atividades econ√īmicas, por meio dos chamados servi√ßos ambientais - como a qualidade da √°gua e do ar, a manuten√ß√£o de solos, a poliniza√ß√£o, novas descobertas (√ļteis para medicamentos e alimentos, por exemplo), seguran√ßa (por meio da manuten√ß√£o de √°reas naturais √≠ntegras em encostas), energia, entre outros. ‚ÄúPor isso, nosso objetivo principal √© estimular o incremento de trabalhos como o desenvolvido pelos E-CONS, porque s√£o iniciativas com ampla capacidade de ampliar a gera√ß√£o de resultados e benef√≠cios coletivos‚ÄĚ, completa.

E-CONS

O Programa tem √† frente a figura dos Empreendedores da Conserva√ß√£o, os E-CONS, pessoas transformadoras e comprometidas com a manuten√ß√£o do patrim√īnio natural e, consequentemente, com todos os benef√≠cios que a natureza gera para a sociedade e para as atividades econ√īmicas. A partir das a√ß√Ķes que realizam, os E-CONS apresentam uma enorme capacidade de gerar resultados mais amplos, justamente o ponto estrat√©gico de abordagem escolhido pelo programa E-CONS para o apoio concedido, diferentemente de projetos usuais de financiamento de projetos.

‚ÄúEles foram selecionados a partir de entrevistas com ambientalistas e pesquisadores que trabalham com conserva√ß√£o da natureza no Brasil‚ÄĚ, conta a bi√≥loga Angela Kuczach da SPVS, que, ap√≥s as indica√ß√Ķes recebidas, foi a v√°rias regi√Ķes do Brasil verificar como esses projetos se adequavam a crit√©rios do Programa E-CONS. ‚ÄúEntre esses crit√©rios est√£o o comprometimento de pessoas para gera√ß√£o de resultados efetivos em conserva√ß√£o da natureza e que tenham expectativas de expans√£o de suas a√ß√Ķes, contribuindo para a realiza√ß√£o de novas iniciativas que gerem mais √°reas protegidas ou sirvam de instrumento para impulsionar outras a√ß√Ķes de prote√ß√£o da biodiversidade‚ÄĚ, descreve a bi√≥loga. Para o futuro, segundo ela, a ideia √© que essa busca por E-CONS continue por meio da identifica√ß√£o de novos empreendedores e da sensibiliza√ß√£o de empresas para apoi√°-los. ‚ÄúCom uma metodologia inovadora e abrangente, que corresponde √†s necessidades de conserva√ß√£o da natureza e fortalecimento desse tema no Brasil e no mundo, o Programa poder√° ser reproduzido em longo prazo em ampla escala, at√© que uma grande rede de E-CONS seja estabelecida‚ÄĚ, projeta Angela.

No comment »

Pesquisa Social - Pessoas como Fontes de Informação em Ecologia e Conservação

No comment »

Oficina sobre “Conserva√ß√£o, Sustentabilidade e Comportamento Humano”

No comment »

Oficina “Planejamento e Avalia√ß√£o de A√ß√Ķes em Educa√ß√£o Ambiental”

No comment »

Melhorar o relacionamento entre o homem e a natureza

No comment »

II Encontro Internacional de Educação para Conservação e Sustentabilidade

No comment »

Predadores Silvestres e Animais domésticos: Guia Prático de Convivência

No comment »

Vitoria da Riva Carvalho é membro da Rede Ashoka

No comment »

Megadesmatamentos ressurgem em Mato Grosso

No comment »

Curso de Educação e Comunicação Ambiental no Zoológico de São Paulo

No comment »

Vit√≥ria da Riva fala sobre FEC e Escola da Amaz√īnia √† Revista Planeta

Comments (1) »

Silvio Marchini: a maior amea√ßa √† Amaz√īnia √© a desinforma√ß√£o

No comment »

T√£o longe, t√£o perto

No comment »

Vit√≥ria da Riva, fundadora da Escola da Amaz√īnia, √© candidata ao Pr√™mio Claudia 2010

No comment »

Tonho da On√ßa, de s√≠mbolo de convers√£o a grandess√≠ssimo “amigo da on√ßa”*

No comment »